Relatório prevê que energias renováveis terão maior crescimento em 30 anos